sexta-feira, janeiro 13

MEUS PENSAMENTOS EM EVOLUÇÃO

Fiquei me perguntando por muito tempo: O que educação tem a ver com sucesso? Qual a importância de se ter desafios? Uma conclusão que cheguei é que desafios extraordinários produzem pessoas extraordinárias. E isso é um processo educacional. 
Profº João Carlos Melo Silva (*)


Quando uma pessoa se frustra duas reações acontecem. A primeira é de raiva e a segunda de tristeza. Mas você precisa saber que a frustração faz parte da vida e isso faz parte da educação para o sucesso. Quando você trabalha com metas tem que entender que a palavra mais importante é foco e esta deve vir somada à palavra atitude. Isso é educação, pois você acabará percebendo que quando faz antes o que está em segundo lugar, perde o foco. Isto é, não saberá trabalhar prioridades.


Há casais que brigam e repetem constantemente que vão se separar, que não aguentam mais e como tudo aquilo que você pensa acaba crescendo, com o tempo, acabam mesmo se separando. Assim, se você pensa em medo, em dor, em tristeza, em alegrias, em resultados, em riqueza... Tudo isso crescerá e irá gerar uma forte tendência de virar realidade. Um tubarão não cresce quando colocado no aquário. Ele só crescerá no mar. Assim também, a educação para o sucesso força você a sair do aquário, da telinha, a pensar grande e voltar-se para o alto. Não há nada pior que levantar de manhã e não ter objetivos, não saber o que vai fazer. Salvo quando está curtindo suas férias. 

Como você poderá acertar o alvo se não consegue vê-lo? O fracasso no planejamento é o planejamento do fracasso. Você deve ter sonhos, mas os desafios da educação te ensinam a trabalhar com metas. Um sonho sem metas é uma mera fantasia, não te leva a lugar nenhum. O professor sabe que seus sonhos passam pelo conhecimento, mas na verdade, te preparam para a vida, para enfrentar o mundo, a concorrência, tudo... 

Se você tem dificuldade de ler, leia um livro pequeno para começar. Não vá querer ler a biblioteca inteira de uma vez. Metas são assim, com números. Isso se chama termômetro educacional. “Eu lembro que meu pai, hoje com 75 anos, começou a ler meus livros com 70 debaixo do pé de uma mangueira e hoje já leu todos os meus livros. Minha mãe com 52 outro dia me disse que estava na página 100 do meu livro mais novo e que estava tão motivada que queria voltar a fazer alguma coisa, que precisava trabalhar”. 

Como foram construídas as pirâmides? Pedra por pedra... Como Noé fez a arca? Tábua por tábua... Simples assim. Pequenos números que se tornam gigantes.  E você? O que está esperando? Na maratona da vida, as pequenas metas nos levam a realização dos grandes sonhos. Educação é preparar-se para sonhar e fazer. Simples assim.

Pense nisso, um forte abraço e esteja com Deus! 

(*) Prof. Adm. João Carlos de Melo Silva
     Professor de Administração e Marketing
   Consultorias e Planejamentos Empresariais
               msn: jcmelosilva@hotmail.com
                   www.unoparvirtual.com.br
                 profjoaocarlos.blogspot.com
                   @joocarlosmelo
                            Tel: (21) 9664-1655
Postar um comentário